Home » Espiritualidade, Making of

Sepultamento, cremação ou hidrólise alcalina? Seja ecológico até o fim

15 fevereiro 2011 3.131 visualizações Sem comentários

Uma das cenas do episódio A Espiritualidade e a Sinuca traz a discussão da cremação de corpos no Brasil. A cidade de São Paulo, possui o crematório mais antigo do país e da América Latina, o Vila Alpina. Fundado em 1974, possui uma área construída de 4.700 metros quadrados e está cercado de uma área verde de 134 mil metros quadrados na zona leste de São Paulo.

Apesar de ser ecologicamente mais correto que o sepultamento, a cremação hoje já tem um segundo aliado, a hidrólise alcalina. Este método é um processo químico corrosivo que destrói os cadáveres com a utilização de dióxido de sódio, calor de trezentos graus e pressão de sessenta libras por polegada ao quadrado.

O resíduo final é um líquido com cor de café e cheiro de amônia, que pode ser dispensado da maneira que for mais conveniente aos familiares. É a opção ecologicamente mais correta que o sepultamento, que contamina o lençol freático, ou a cremação, que lança dióxido de carbono e mercúrio no ambiente.

Tags: , , , ,

Compartilhe por e-mail Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo Twitter Compartilhe pelo Google Bookmarks Compartilhe pelo Google Buzz Compartilhe pelo del.icio.us Compartilhe pelo Orkut Compartilhe pelo Windows Live Assine o RSS

Deixe seu comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode assinar esses comentários via RSS.

O uso de Gravatar está habilitado. Para ter seu próprio avatar, por favor se registre em Gravatar.