Home » Espiritualidade, Making of

O profeta Moisés e seu discurso ecológico

8 fevereiro 2011 1.967 visualizações Sem comentários

E ainda no caminho da fé e da ecologia, mais um depoimento foi tomado durante as gravações da Série Somos 1 Só, para o episódio A Espiritualidade e a Sinuca, dirigido por Lírio Ferreira. Enquanto Deus e o Diabo disputam uma partida sobre a mesa de bilhar, a cena corta para o depoimento do profeta israelita Moisés, vivido pelo ator e diretor Gilberto Scarpa.

Para ele, a junção entre fé e ecologia sempre foi uma coisa complicada. “Muita gente me critica por que eu separei o Mar Vermelho, e aí teria separado famílias de peixes, gerado desiquilíbrio ecológico, interferido no meio ambiente, etc… Mas o que eu podia fazer? Estavam atrás de mim e só dava para fugir pelo mar (…)”

Olhando para cima e ainda na defensiva, Moisés afirma que realmente houve certo exagero em função das 10 pragas do Egito. “O cara passou dos limites. Ele tingiu as águas do Nilo de vermelho, fez as rãs cobrirem a Terra, os mosquitos atacaram os homens, as moscas escureceram o dia, uma peste matou o gado, pústulas cobriram seres vivos, uma chuva de pedras destruiu as plantações, teve a nuvem de gafanhotos, o dia sem sol e a morte dos primogênitos de homens e animais. Foi desastre ecológico atrás de desastre ecológico… Mas a culpa não foi minha…” termina o discurso olhando e apontado para cima.

Tags: , , , ,

Compartilhe por e-mail Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo Twitter Compartilhe pelo Google Bookmarks Compartilhe pelo Google Buzz Compartilhe pelo del.icio.us Compartilhe pelo Orkut Compartilhe pelo Windows Live Assine o RSS

Deixe seu comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode assinar esses comentários via RSS.

O uso de Gravatar está habilitado. Para ter seu próprio avatar, por favor se registre em Gravatar.