Home » Consumismo, Depoimentos, Vídeo

O vício do consumismo – Paulo Vaz

5 agosto 2010 3.015 visualizações Sem comentários

Paulo Vaz, nosso consultor de Consumismo, fala de falsa necessidade versus verdadeira necessidade e do quanto nós realmente precisamos consumir.

Por que consumimos tanto? Uma teoria é a de que é preciso adquirir aquilo que todos desejam ter mas poucos efetivamente terão. “Tenho o que todos desejam, logo todos me desejam”.

Estamos mesmo saindo atrás do nosso desejo ao consumir ou estamos atrás do desejo do outro?

Marx criticava o capitalismo dizendo que toda prática humana pode ser objeto de consumo – nada mais é sagrado. Paulo Vaz propõe que talvez seja a hora de tentar recuperar valores além do valor monetário.

Quais princípios são mais fortes do que o dinheiro na sua vida?

Certamente não é uma tarefa fácil se desprender do consumismo.

Dizemos que tudo o que temos hoje é vital. Celular. Internet. Ambos não existiam há vinte anos.

O que é vital e o que lhe foi imposto desse modo? O quanto escolhemos o que é importante e o que não é para nós mesmos?

Paulo Vaz, nosso consultor de Consumismo, fala de falsa necessidade versus verdadeira necessidade e do quanto nós realmente precisamos consumir.

Por que consumimos tanto? Uma teoria é a de que é preciso adquirir aquilo que todos desejam ter mas poucos efetivamente terão. “Tenho o que todos desejam, logo todos me desejam”.

Estamos mesmo saindo atrás do nosso desejo ao consumir ou estamos atrás do desejo do outro?

Marx criticava o capitalismo dizendo que toda prática humana pode ser objeto de consumo – nada mais é sagrado. Paulo Vaz propõe que talvez seja a hora de tentar recuperar valores além do valor monetário.

Quais princípios são mais fortes do que o dinheiro na sua vida?

Certamente não é uma tarefa fácil se desprender do consumismo.

Dizemos que tudo o que temos hoje é vital. Celular. Internet. Ambos não existiam há vinte anos.

O que é vital na sua vida e o que lhe foi imposto desse modo? O quanto escolhemos o que é importante e o que não é para nós mesmos

Tags: , ,

Compartilhe por e-mail Compartilhe pelo Facebook Compartilhe pelo Twitter Compartilhe pelo Google Bookmarks Compartilhe pelo Google Buzz Compartilhe pelo del.icio.us Compartilhe pelo Orkut Compartilhe pelo Windows Live Assine o RSS

Deixe seu comentário!

Adicione seu comentário abaixo, ou trackback de seu próprio site. Você também pode assinar esses comentários via RSS.

O uso de Gravatar está habilitado. Para ter seu próprio avatar, por favor se registre em Gravatar.